Brasil: País é denunciado na ONU por risco de genocídio indígena por invasão de garimpeiros, rios contaminados e lideranças ameaçadas de morte

Autor: Valéria Maniero, Época (Brazil), Publicado em: 19 March 2020

"Brasil é denunciado por risco de genocídio indígena no Conselho de Direitos Humanos da ONU. Queixa feita durante audiência em Genebra alertou também para o desmonte das políticas ambientais no país- Queixa feita durante audiência em Genebra alertou também para o desmonte das políticas ambientais no país", 4 de março de 2020

O Brasil foi denunciado no Conselho de Direitos Humanos da ONU... pelo “desmonte das políticas ambientais e indigenistas e pelo risco elevado de genocídio de povos indígenas isolados”...[pelas organizações]...Instituto Socioambiental, pela Conectas Direitos Humanos e Comissão Arns...O líder Yanomami Davi Kopenawa também participou da sessão...[O]...desmatamento na Amazônia foi maior em territórios com a presença de povos indígenas isolados, que são os mais vulneráveis a doenças. Em 2019, a derrubada da floresta nessas terras cresceu 113%. No total de todas as terras indígenas, o aumento foi de 80%...[: representantes da sociedade civil disseram a respeito]...“da situação dos povos isolados da Amazônia que, com as diretrizes e o discurso do atual governo, se encontram numa situação de grande ameaça”...[O representante do governo afirmou que esta]...“aberto ao diálogo”... Entre as ameaças iminentes dos povos isolados apontados pelas Ongs estão a invasão de milhares de garimpeiros, terras degradadas, rios contaminados e lideranças ameaçadas de morte. É o caso do guardião da floresta na terra indígena Araribóia, Paulo Paulino Guajajara, foi assassinado em 2019 por defender a floresta da invasão madeireira....

Leia a postagem completa aqui